Chaves: saiba mais sobre Ramón Valdés, o ator de Seu Madruga

Sem dúvidas, um dos elementos mais marcantes do seriado Chaves, criado por Roberto Gómez Bolaños, é o Seu Madruga. Com grande simplicidade e simpatia, o personagem, interpretado por Ramón Valdés, devia 14 meses de aluguel ao Senhor Barriga (Édgar Vivar), falava sobre sua vovózinha Dona Neves, conseguia trabalhos cada vez mais diversificados e criava Chiquinha (Maria Antonieta de las Nieves), sua filha, da maneira que podia.

Embora o Seu Madruga (Don Ramón, no original) represente uma grande figura, bastante fiel à realidade, lidando com questões problemáticas com bom humor e esperança, esse não foi o único personagem marcante da carreira de Valdés, tendo em vista que, durante seus anos como ator, esteve presente em várias produções importantes para a compreensão da história do cinema mexicano.

(Televisa/Reprodução)Fonte:  Televisa 

Ficou curioso com esse assunto? Saiba mais detalhes da carreira do ator de Chaves!

Ramón Valdés: dos primeiros anos ao Seu Madruga

Nascido em setembro de 1923 na Cidade do México, Ramón cresceu em uma família cheia de apelidos. Seus pais eram conhecidos como Monchos (Macacos, em português) e seus irmãos Tin Tán (Germán), El Loco (Manuel) e El Ratón (Antonio) foram aqueles que o incentivaram a seguir na carreira artística, tendo em vista que todos passaram a trabalhar como atores desde muito novos.

Entre os anos 1930 e 1950, o cinema mexicano viveu uma época de grande ascensão, com produções de grande prestígio entre o público. Dessa maneira, o jovem Ramón se interessou em participar de alguns deles ao lado de Tin Tán. Aos poucos, o ator foi desenvolvendo ainda mais seu talento para a atuação e integrou grandes projetos, incluindo também telenovelas.

Mesmo tendo se consagrado no cinema, foi no final dos anos 1960 que sua carreira atingiu um novo patamar. Roberto Gomez Bolaños, que nessa época já trabalhava com programas de humor, o convidou para integrar o elenco de uma nova produção. María Antonieta de las Nieves e Rubén Aguirre, o Professor Girafales, já eram nomes confirmados.

Obviamente, Valdés aceitou o convite e participou desde o início do icônico Los Supergenios de la Mesa Cuadrada. Muitas esquetes e personagens desenvolvidos para a atração se tornaram independentes com o passar dos anos; é o caso de Chaves e Chapolin, por exemplo, que contaram com a participação do artista consecutivamente até 1979.

(Televicine S.A. de C.V./Reprodução)(Televicine S.A. de C.V./Reprodução)Fonte:  Televicine S.A. de C.V. 

Nesse mesmo ano, Chespirito, como Bolaños também era conhecido, lançou o filme El Chanfle com todo o elenco do seriado. E, curiosamente, o episódio em que os personagens da vila do Chaves vão ao cinema, na versão original, tratava-se de uma divulgação direta para esse longa-metragem. Mas, por aqui, “teria sido melhor ver o filme do Pelé” fez muito mais sentido, não é mesmo?

Outros personagens de Ramón Valdés

Além do Seu Madruga, com Chespirito, Valdés interpretou outros personagens interessantes e que marcaram sua carreira. É o caso dos vilões Super Sam, Tripa Seca, Alma Negra e Racha Cuca, de Chapolin, além de Chimpandolfo, Peterete, Maestro Yesero e muitos outros. Para se ter uma ideia, o ator esteve em boa parte dos episódios de Chapolin Colorado, dando vida a homens de diferentes personalidades, entre vilões, mocinhos e coadjuvantes.

Apesar dos anos de parceria com Bolaños, em 1979, Valdés se desligou de suas produções televisivas. Segundo o que foi apurado sobre essa época, o artista queria um aumento de salário, algo que não seria possível por conta da emissora. Ao receber um convite para trabalhar em outro lugar, ele prontamente aceitou.

Anos mais tarde, Esteban Valdés, um de seus filhos, afirmou que a saída também estava relacionada a desentendimentos com Florinda Meza, a intérprete da Dona Florinda, que já namorava Bolaños nessa época.

(Televisa/Reprodução)(Televisa/Reprodução)Fonte:  Televisa 

Além desses detalhes, muitas pessoas acreditam que Valdés tenha se solidarizado com Carlos Villagrán, que também deixou o seriado no mesmo ano, porém, meses antes. O que reforçou essa ideia é a participação do ator nos programas Federrico (1982) e ¡Ah que Kiko! (1987), de Villagrán.

Mas é preciso destacar que o artista voltou a integrar o elenco de Chaves, mesmo que por pouco tempo, em 1981. Nessa época, o seriado já estava sendo apresentado como um quadro do Programa Chespirito e não era mais independente. O episódio em que Seu Madruga retorna à vila é considerado por muitos como um dos mais emocionantes da produção.

Infelizmente, o ator faleceu em 1988, aos 64 anos, por conta de um câncer em seu estômago. Certamente, seu legado permanece vivo na imaginação de muitos de seus fãs.

Leave a Comment